Perguntas Frequentes sobre Voo Livre >>

 

Estas perguntas são as mais ouvidas pela equipe, feitas por leigos ao esporte, veja abaixo algumas respostas a essas perguntas:

01

O que é voo livre?

 

O voo livre agrupa um conjunto de disciplinas cujo objetivo comum é voar utilizando as forças da natureza e recorrendo à força do próprio piloto para decolar e pousar, sem o uso de motores. Estas disciplinas são a Asa Delta e o Parapente.

02

03

O que é parapente?

 

Parapente é uma aeronave invertebrada, em forma de um semi-círculo inflável, feito de tecidos e linhas.

Do que é feito o parapente?

 

Os tecidos são uma espécie de nylon especial, ultra-resistente, e super-leve. As linhas são também ultra-resistentes e muito finas. Os materiais são desenvolvidos especificamente para o parapente.

04

Parapente é a mesma coisa que pára-quedas?

 

Não. O pára-quedas é usado para desacelerar uma queda, um salto de um avião por exemplo. É pequeno, e retangular. O parapente é uma aeronave planadora não motorizada, pois ao invés de cair, ele voa, assim como uma asa-delta ou um planador. Tem uma envergadura (distância entre as pontas das asas) bem maior, e seu perfil é em formato de asa, curva em cima e retilínea embaixo.

05

06

Você salta de Parapente?

 

Não. Você VOA de parapente. O Parapente é uma aeronave, e assim como tal, ela alça vôo, decola. Muitos confundem com pára-quedas, onde se salta (por favor, quem pula é sapo) de um avião em movimento. Mas não existem pilotos de pára-quedas, pois ele não é uma aeronave, é usado apenas para diminuir a velocidade de queda. O parapente, em sendo uma aeronave, denomina o seu praticante como um "Piloto de Parapente". O praticante de pára-quedas pode ser chamado de paraquedista, já os de parapente não podem ser chamados de parapentistas, senão pilotos de outras aeronaves seriam chamados de avionistas, helicopteristas, planadoristas, etc.

Porque o nome parapente?

 

Deriva do Francês para pent. Que seria traduzido como vôo de encosta. Afinal o esporte nasceu com alpinistas tentando adaptar pára-quedas para decolarem das encostas após escalá-las e querer descer de forma rápida.

07

Como funciona e como é feito um parapente? 

 

Um parapente uma parte superior e uma parte inferior que são ligadas interiormente por células (ou alvéolos), que se fossem removidas teriam o aspecto do interior de uma asa de avião normal (arredondada à frente, pontiaguda atrás, curva no topo e lisa em baixo). As células são aberturas retangulares definidas pelas tiras e partes superior e inferior. A forma como tudo isto funciona deve-se ao movimento para a frente da asa. Desta forma o ar "é pressionado" pelas aberturas da parte da frente e como não tem por onde sair por trás, mantém uma certa pressão interna maior no interior da asa do que do lado de fora. Isto cria uma estrutura rígida.

08

Parapente é a mesma coisa que Paraglider? 

 

Basicamente sim. Só muda o idioma. Parapente é o nome em português, originado do francês para-pent. Paraglider é o nome em inglês, evitado pelos puristas. Afinal, estamos no Brasil e o esporte foi inventado na França. Aonde o inglês deveria entrar nisso?

09

O que é paramotor?

 

É um parapente com um motor acoplado às costas do piloto para propulsão. Desta forma a aeronave deixa de ser um planador e passa a ser um ultraleve propulsado, que pode decolar do chão, como um avião, e tem autonomia de acordo com seu combustível.

10

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

Qual a diferença entre parapente e asa-delta?

 

Funcionam basicamente pelos mesmos princípios de sustentação da física, e se diferem basicamente no formato com que cada aparelho desenvolve um perfil de asa. A asa-delta tem formato triangular e estrutura tubular rígida para ter o formato de uma asa (leia-se aqui asa como o formato aerodinâmico que permite sustentação). O parapente utiliza tecidos e linhas para criar uma estrutura em formato de asa.

Parapente quebra? Pode haver problemas com o equipamento?

 

Basicamente não. O tecido poderia se rasgar, e as linhas arrebentarem. É o que poderia se chamar de quebra. Mas isto é praticamente impossível de acontecer em equipamentos utilizados de maneira correta e dentro de seu período de vida útil. O que normalmente acontece sem nenhuma conseqüência, é devido a fortes turbulências o parapente se desinflar, ou 'enroscar' nele mesmo, mas são situações facilmente corrigíveis pelo piloto na maioria dos casos.

E se houver problemas, existe um pára-quedas de emergência?

 

Sim. Se mesmo assim o problema não puder ser resolvido, existe na cadeirinha do piloto um pára-quedas (agora sim um pára-quedas) redondo que te leva em velocidade segura até o solo.

Mulheres podem voar?

 

Claro! O Parapente não é um esporte que exija força muscular extrema, exige muito mais técnica do piloto do que força em si. E como é um esporte que tem poucas praticantes, elas são sempre muito bem-vindas neste universo em sua maioria masculino.

É possível voar a dois?

 

Sim. Perfeitamente. O equipamento deve ser proporcional ao peso que está carregando. Para isto existem parapentes específicos para vôo-duplo, que suportam mais peso.

Existe diferença entre parapentes?

 

Muita. De forma e tamanho. Quanto ao peso, ele é sempre proporcional ao peso do que ele carrega. Seja uma pessoa, duas pessoas, um magro, um gordo. O parapente também tem forma de asa, e o formato desta 'asa' vai definir muito do seu comportamento e desempenho em vôo. Embora para um leigo, simplesmente olhando sejam todos muito parecidos, eles têm muita diferença. Existem níveis de desempenho e de segurança variados. Quanto mais seguro é um parapente, geralmente os usados com alunos e vôos-duplos, menos performance eles têm. Entenda-se como performance a sua velocidade e capacidade de voar mais longe. Os pilotos de lazer usam parapentes seguros e com desempenho moderado, propício para lhe proporcionar um vôo agradável e divertido. Pilotos de competição sempre usam o que há de mais moderno e com maior desempenho, diminuindo com isto também sua segurança. Já os pilotos de acrobacia voam em parapentes específicos para que realizem melhor as manobras e são também geralmente menores em relação ao peso de um piloto, quanto seria um parapente de vôo convencional.

Quanto peso um parapente suporta?

 

Teoricamente ele pode levar quanto peso for necessário, desde que tenha um tamanho adequado ao peso que está carregando. Alguns ônibus espaciais possuem uma espécie de parapente gigante para pousar.

Se o peso estiver acima ou abaixo, o que ocorre?

 

Se a diferença for de poucos kgs, basicamente só o que muda é a velocidade de vôo, mais rápido se mais pesado, ou mais lento de mais leve. A distância que ele voa e a resistência do aparelho são praticamente inalterados.

Parapente é perigoso?

 

O esporte é tão seguro quanto o piloto quiser que seja. Tomando todas as devidas precauções, ele torna-se um esporte extremamente seguro. Muito mais do que você pode imaginar. A maioria massiva das pessoas que pilotam ambos aparelhos como motocicletas e parapentes, sentem-se mais seguros voando.

Pode-se voar na chuva?

 

Leves chuvas não afetam em muito o vôo, apenas umedecem o tecido impermeável do parapente, porém em dias nublados, não é possível achar as correntes térmicas de ar ascendente que o farão subir. Logo é mais provável que não valha nem a pena decolar, caso contrário você irá diretamente da decolagem para o pouso. Seria um vôo curto sem muitas possibilidades. Fortes chuvas geralmente vem acompanhadas de fortes ventos e turbulência, que aí sim tornam o vôo desaconselhável.

E se uma chuva lhe surpreender?

 

As chuvas não saem de surpresa de trás de uma cortina pra nos dar um susto. Todo piloto deve saber fazer a análise meteorológica necessária para saber a possibilidade de chuva naquele momento, e reconhecer as nuvens de chuva antes que elas atinjam um nível que represente perigo ao vôo.

© 2019 por ACTIONFLY VOO LIVRE RIO

  • Facebook Limpa
  • Twitter limpa
  • Instagram Limpa
  • Google+ Limpa
  • YouTube Limpa
  • TripAdvisor App Icon